Visão Geral do Programa | Overview of Programme

O governo brasileiro decidiu investir em um programa de bolsas de estudo para promover a consolidação e expansão da ciência, tecnologia e inovação no Brasil ‘através do intercambio e mobilidade de estudantes’. Esse programa foi chamado de ‘Ciência sem fronteiras` e a Universidade de Glasgow tem o prazer de estar inclusa nesse programa.

Cerca de 75,000 bolsas de ciência e tecnologia serão disponibilizadas em todo o mundo cobrindo gastos com ensino, viagens e custo de vida. Destas bolsas, 10,000 estão reservadas para Universidades no Reino Unido (RU). Estas bolsas são destinadas principalmente para estudantes de graduação (1 ano) e estudantes de doutorado. A grande maioria dos estudantes de doutorado virá para o RU por um período de 12 meses. Além disso, um pequeno número de estudantes receberá suporte e bolsas para o doutorado completo de 3 anos de duração. O um ano de estudo em nível de Doutorado irá incluir um período de 3 meses na indústria ou projeto de pesquisa. Estudantes de Pós-Doc Senior também serão alvos desse programa.
 
Os principais objetivos do programa de mobilidade científica do Brasil são:

  • Criar uma associação colaborativa, abrangendo o treinamento de estudantes brasileiros e cientistas no exterior, com a criação de oportunidades reciprocas em instituições brasileiras.  O ano sandwich no exterior para estudantes de graduação e pós-graduação (Doutorado apenas, não inclui Mestrado) é o principal foco dos conselhos de pesquisa (CAPES para graduação e CNPq para pós-graduação).
  • Criar um Programa de Sociedade Científica colaborativa que permita cientistas do exterior entrar em contato e colaborar com grupos Brasileiros de excelência (ex. Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia – INCTs) ou Cientistas Brasileiros Senior permanecer em instituições estrangeiras dentro do contexto do projeto cientifico.

The Brazilian Government has decided to support a programme of scholarships to promote the consolidation and expansion of science, technology and innovation in Brazil 'through international exchange and mobility'.  The programme is called Ciência sem Fronteiras - Reino Unido (CsF) Brazilian Scientific Mobility Programme and the University of Glasgow is delighted to participate in it.

Around 75,000 science and technology scholarships will be made available across the world to support tuition fees, travel and living costs. 10,000 of these scholarships are earmarked for UK Universities. These scholarships are mainly targeted at Undergraduate (UG) (1 year), and Doctoral (PhD) students. The majority of doctoral students will be coming to the UK for 12 months. A smaller number of doctoral students will be sponsored for the full 3 years of a PhD. Collaborative Senior Fellowships will also be targeted. The one-year study at PhD level will include a 3-month industrial placement or research project.

The main goals of the Brazilian Scientific Mobility Programme are to:

  • Create a collaborative association encompassing the training of Brazilian students and scientists abroad, with reciprocal opening of opportunities at institutions in Brazil. 'Sandwich' year abroad at both UG and Postgraduate (PG) (PhD only, not Masters) is the main focus for the Brazilian research councils (CAPES for UG and CNPq for PG). Co-supervised PhDs will be included in the Sandwich year abroad PG call for applications.
  • Create a collaborative Scientific Fellowship Programme allowing scientists from abroad to join a Brazilian group of excellence (e.g. Brazilian National Institutes for Science and Technology – INCTs) or Brazilian Senior Scientists to stay at foreign institutions within the context of a scientific project.